Bloco de Carnaval traz alegria ao domingo Baruense

Organizado por alunos da Unesp,  evento contagiou as pessoas por onde passou

Wesley Anjos

Domingo foi um dia de música e dança para Bauru. (Foto: Wesley Anjos)

Domingo foi um dia de música e dança para Bauru. (Foto: Wesley Anjos)

Neste domingo (31), Bauru contou com o Bloco de Carnaval organizado por alunos da Unesp. A festa de rua começou às 11h00 com saída da República Pau Brasil. Passou por uma série de repúblicas estudantis (consta em mapa abaixo), até chegar à República Virakopos. O último ponto de parada foi o Parque Vitória Régia, no qual a comemoração durou até às 21h00. Por onde passou, o bloco atraiu a participação de diversos moradores com o clima de animação e dança.

Entenda o percurso feito antes de chegar ao Vitória Régia. (Fonte: Página do Evento)

Entenda o percurso feito antes de chegar ao Vitória Régia. (Fonte: Página do Evento)

O evento teve o acompanhamento de viatura da polícia para a garantia da segurança de todos que nele ingressavam. Um caminhão com som e banda animou e conduziu os foliões do começo ao fim. Houve venda de canecas customizadas, muita música, dança e brincadeiras. Caso fosse necessário, uma ambulância contratada pelos organizadores seguiu a festa que, inicialmente não tinha tanta gente. No entanto, a partir da República Sharmuta ganhou cada vez mais força e adesão. Daí em diante o número de pessoas que entraram no clima carnavalesco só fez aumentar.

Outro destaque do dia foi a abertura à diversidade. Foliões de diversas cores, gêneros e orientações sexuais celebraram o domingo com harmonia. Fantasias criativas; homens vestidos com trajes femininos; trajes de super-heroínas e super-heróis; e até trajes sem comprometimento com algum sentido aparente. Não havia nenhum impedimento. Bastava entrar e participar de uma integração cultural.

“Eu estou achando muito legal e bem tranquilo. O pessoal está curtindo bastante e não houve problemas” – disse Mariana, uma das foliãs. Segundo a moça, ela acompanhou o bloco da República Sharmuta até o Parque Vitória Régia. Ficou admirada por não ter se deparado com situações desagradáveis que vira em blocos de outros municípios. Um dos pontos positivos foi não sentir odores de urina nas ruas. Alegou estar satisfeita por não ter sofrido nenhum assédio, tal como presenciara em outras festas de rua.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Ao chegar no seu último ponto, o bloco encontrou com outros grupos que também festejavam no Vitória Régia. Houve mais de um ponto com música e dança, além de famílias reunidas e comércio de alimentos e bebidas. Ao todo, mesmo fora das datas oficiais do Carnaval, o domingo foi um dia para o bauruense espairecer e fugir da rotina.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s