Haddad anuncia possível fechamento da Avenida Paulista aos domingos e medida gera discussão entre prefeitura e Ministério Público

O sucesso do ultimo fechamento do local para automóveis chama a atenção à importância do acesso ao laser na cidade

Aressa Muniz

No dia 28 de junho deste ano, a Avenida Paulista, principal avenida da cidade de São Paulo, foi fechada para carros em uma tentativa de se criar um novo espaço de lazer para os paulistanos. A proposta que se seguiu pelo prefeito Fernando Haddad era de que o fechamento ocorresse todos os domingos. O acontecimento, então, entrou em debate. A discussão entre a prefeitura e o Ministério Público acabou por trazer mais aspectos a favor do que contra a medida. O principal argumento que desfavoreceu o fechamento seria em relação à dificuldade de acesso aos hospitais que estão na região.

De acordo com uma pesquisa realizada pela revista Carta Capital, os hospitais não manifestaram oposição quanto o fechamento da Avenida. Segundo Rogério Quintanilha, professor da Universidade do Oeste Paulista com formação em Arquitetura e Urbanismo, “A av. Paulista não é um eixo tão fundamental de mobilidade urbana em SP, como são as marginais, por exemplo.”

O Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), acordo assinado entre o MP e Prefeitura, limita o fechamento da Paulista somente em três eventos por ano. A tentativa do prefeito de São Paulo é propor um novo termo que possibilite o fechamento da Avenida para o lazer.

Decisão sobre o fechamento da Paulista será consolidada dia 19 de setembro. (Foto: Jean Prado)

Decisão sobre o fechamento da Paulista será consolidada dia 19 de setembro. (Foto: Jean Prado)

De acordo com Rogério Quintanilha, “São Paulo precisa se humanizar e uma das estratégias para isso é devolver o paulistano à escala humana. O automóvel retira-nos essa escala, aumentando a velocidade e atuando como uma barreira entre nós e o mundo, essencialmente entre nós e o outro.”

O fechamento de avenidas é comum também em outros países. Na cidade de Paris (França), por exemplo, ocorrerá um fechamento em suas principais avenidas no dia 27 de Setembro em uma ação pela mobilidade sustentável.

Segundo o arquiteto, o projeto tem chances de dar certo, uma vez que avenida agora se apresenta como um espaço alternativo de encontro e lazer. A audiência pública para debater o fechamento da Avenida Paulista para veículos deve ocorrer no próximo dia 19 de setembro, quando será discutida a situação dos hospitais da região e serão realizadas audiências públicas nos bairros que cercam a paulista.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s