BUSCA POR VIDA EXTRATERRESTRE GANHA NOVAS DIMENSÕES

Projeto da NASA irá buscar vida inteligente através de radiotelescópios

Larissa Caliari

(Estamos sozinhos no espaço? Créditos: Morguefile)

(Estamos sozinhos no espaço? Créditos: Morguefile)

No dia 20 de junho, o cientista Stephen Hawking e o russo Yuri Milner anunciaram o projeto Breakthrough Listen, uma iniciativa da NASA que visa procurar por sinais de vida extraterrestre no espaço. A busca utilizará os dois radiotelescópios mais potentes existentes na atualidade. Além de escanear o espaço em busca de condições biológicas propícias, também serão observados sinais de laser e ondas de rádio de qualquer frequência que sejam similares à existência de vida inteligente. O espaço abrangido será 10 vezes maior do que foi estudado nos projetos anteriores.

                    (Encontrar vida fora da Terra pode estar mais perto do que pensamos. Créditos: Morguefile)

(Encontrar vida fora da Terra pode estar mais perto do que pensamos. Créditos: Morguefile)

Os indicadores de vida são chamados de biomarcadores. O ozônio é um desses sinais procurados, porque ele só se encontra na superfície da Terra devido ao processo de fotossíntese. Para existir vida também é necessário que o planeta esteja a uma distância média de uma estrela emissora de energia, como o sol, para que a água seja encontrada em estado líquido. Se estiver muito perto ela evapora e se estiver muito longe ela congela, como explica o professor do departamento de astronomia da USP, Roberto Costa.

Ainda de acordo com o professor Roberto Costa, é mais provável que sejam encontradas vidas primitivas, do que inteligentes e tecnológicas. Isso pode ser concluído quando observamos que a vida inteligente na própria Terra existe faz muito pouco tempo, menos de 10 mil anos, e que o rádio, meio de comunicação essencial para a interação no espaço e alvo da pesquisa, só foi inventado há mais ou menos um século.

(Pensar que possa existir vida inteligente fora da Terra sempre instigou o imaginário de muitas pessoas. Créditos: Morguefile)

(Pensar que possa existir vida inteligente fora da Terra sempre instigou o imaginário de muitas pessoas. Créditos: Morguefile)

Além do projeto, também foi criada uma competição, a Breakthrough Message. Os competidores devem criar mensagens que representem a humanidade e o vencedor levará o prêmio de 1 milhão de dólares. Ainda não está decidido se estas mensagens serão enviadas para o espaço, pois as consequências disso podem ser diversas. Há o medo de existir uma civilização mais avançada que a nossa, isso porque a comunicação com esses povos pode resultar na extinção da espécie humana, como aconteceu com os incas, por exemplo, que foram massacrados pelos europeus, pois esses possuíam armas mais tecnológicas.

(A cerca de 50 anos a humanidade busca vida fora do nosso planeta Créditos: Morguefile)

(A cerca de 50 anos a humanidade busca vida fora do nosso planeta Créditos: Morguefile)

O pensamento sobre vida inteligente fora da Terra existe desde os primórdios da humanidade, devido à condição curiosa do homem. Mas somente há cerca de 50 anos é que foi iniciada a busca por esses seres, com o projeto SETI. Apesar dessa procura não ser de agora, o projeto Breakthrought Listen é o primeiro que usará radiotelescópios para fazer a busca. Mas não se pode esperar que esses seres sejam parecidos com os seres humanos, já que as características biológicas são condicionadas de acordo com a evolução do ser em seu ambiente.

O projeto contará com o financiamento feito pelo bilionário Milner, que doou 100 milhões de dólares, e será realizado por vários cientistas, incluindo Hawking, que assinaram uma carta de apoio à realização das pesquisas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s