Palmeiras e Santos se enfrentam pela final do campeonato paulista

Veja os jogadores de cada posição dos times que estarão no segundo jogo da final do Paulistão

Lucas Pinto Ferreira

Os dois times se preparam para o jogo decisivo da final do Campeonato Paulista 2015 na Vila Belmiro e, com isso, nenhum deles liberou a lista dos relacionados para a partida. Porém, é possível se basear nos atletas à disposição de cada equipe e nas suas últimas escalações para se especular quais serão os 22 jogadores a serem vistos em campo neste domingo (03), às 16 horas.

Vejamos, então, a análise dos titulares previstos para a partida entre Santos e Palmeiras:

Goleiros

Após parar Petros e Elias, Prass, eleito melhor goleiro do campeonato paulista tem a missão de parar o ataque santista. (Foto: Honório Moreira / Futura Press)

Após parar Petros e Elias, Prass, eleito melhor goleiro do campeonato paulista tem a missão de parar o ataque santista. (Foto: Honório Moreira / Futura Press)

Gaúcho de 36 anos com boas passagens por Coritiba e Vasco da Gama, Fernando Prass chegou ao Palmeiras em dezembro de 2012 e, desde então, tem feito ótimas partidas. O goleiro foi decisivo na semifinal contra o Corinthians. Na disputa de pênaltis ele parou Elias e Petros para ajudar o Palmeiras a chegar na final. Atual capitão da equipe, ele se destaca pela sua liderança dentro de campo e pelos reflexos debaixo das traves.

Goleiro das categorias de base santistas altamente criticado até pouco tempo, Vladimir assumiu o posto de titular do Santos desde a lesão do recém-chegado Vanderlei e não tem decepcionado. Os problemas a respeito de seu posicionamento dentro da pequena área vêm sendo corrigidos e sua capacidade de reagir rápido aos chutes tem se destacado, isso ficou bem claro no último empate do Santos contra o Corinthians, onde Vladimir contou com a trave e depois fez duas espetaculares defesas para negar o gol corinthiano.

Laterais

Desfalque na lateral direita santista, Cicinho vai assistir ao jogo do lado de fora do campo (Foto: Gazeta Press)

Desfalque na lateral direita santista, Cicinho vai assistir ao jogo do lado de fora do campo (Foto: Gazeta Press)

Zé Roberto já teve grande passagem pelo time que enfrentará no domingo e se espera do veterano de 40 anos, que se destacou como lateral-esquerdo no último Campeonato Brasileiro atuando pelo Grêmio, uma grande atuação. O jogador exibe uma forma física invejável para alguém em sua idade e continua mostrando futebol de alto nível. Do outro lado do campo, Lucas é uma contratação que chegou do Botafogo na atual temporada. Responsável pelo cruzamento que originou o gol da primeira partida da final, o lateral-direito já vestiu a camisa da seleção brasileira no Superclássico das Américas de 2012 contra a Argentina.

Pelo lado santista, ambos os jogadores também são contratações recentes. Victor Ferraz veio do Coritiba em 2014 e tem se afirmado como o lateral-direito preferido pelo técnico Marcelo Fernandes. Nascido em João Pessoa, o atleta de 27 anos também tem capacidade de atuar do lado esquerdo do campo.

Em 2015, o Santos anunciou a contratação de Chiquinho, que chega após um ano no Fluminense. Maranhense, o atleta também teve passagens recentes pelo Corinthians e pela Ponte Preta. Jogador multiuso, Chiquinho já atuou como meia e foi ala esquerdo, como foi visto na última partida contra o Palmeiras, mas deve ocupar a lateral esquerda após a recuperação de Robinho.

Zagueiros

Gustavo Henrique é um dos muitos jogadores santistas voltando de lesão. É esperado que ele tome o lugar de Werley como titular na zaga. (Foto: Ricardo Saibun/Santos FC)

Gustavo Henrique é um dos muitos jogadores santistas voltando de lesão. É esperado que ele tome o lugar de Werley como titular na zaga. (Foto: Ricardo Saibun/Santos FC)

É esperado que o Palmeiras entre em campo com dois zagueiros que compartilham nomes semelhantes. Victor Ramos chegou por via de empréstimo à equipe alviverde em 2015. Responsável por um dos gols na semifinal contra o Corinthians, Ramos vem das categorias de base do Vitória, clube com quem foi campeão baiano em 2009 e 2013.

Vitor Hugo chegou ao Palmeiras esse ano após duas boas temporadas pelo América-MG. Nascido em Guaraci, no Paraná, o zagueiro demonstra muita vontade e velocidade, como foi visto no lance em que desarmou com maestria Ricardo Oliveira por trás na primeira partida da final do Paulistão.

O Santos contará com vários jogadores retornando de lesão para o próximo jogo, e um deles é Gustavo Henrique, produto da base de apenas 22 anos que deve assumir a titularidade. O jovem, do alto de seus 1,95m, é uma das recentes novidades santistas para a zaga. Ao lado de Gustavo, David Braz é titular e um dos líderes da equipe. O atleta chegou ao Santos em 2012 e vive um de seus melhores momentos na carreira.

Volantes

Arouca pode não participar do jogo na Vila Belmiro, o volante acumulou uma lesão na coxa esquerda na última partida contra o Santos. (Foto: Honório Moreira/Futura Press)

Arouca pode não participar do jogo na Vila Belmiro, o volante acumulou uma lesão na coxa esquerda na última partida contra o Santos. (Foto: Honório Moreira/Futura Press)

A contratação de Gabriel pelo Palmeiras na atual temporada pode não ter sido a mais badalada, mas com certeza foi uma das melhores. O meio-campista, de apenas 22 anos, foi destaque do Botafogo apesar do rebaixamento da equipe no ano passado. Com boa técnica nos desarmes, movimentação e saída de jogo, Gabriel tem protegido a defesa palmeirense.

Em entrevista coletiva antes do treino da última sexta-feira, o técnico Oswaldo de Oliveira revelou que levará um Palmeiras ofensivo para a Vila Belmiro. Sobre a vaga disponível ao lado de Gabriel, o treinador palmeirense declarou que Robinho, reforço dessa temporada que geralmente atua na armação de jogadas e que foi o líder do Campeonato Brasileiro de 2014 em passes certos, seria recuado para ocupar a posição de Arouca.

O Santos, por sua vez, contará com experiência à frente de sua zaga. Renato, 35 anos, participou das duas conquistas santistas do Campeonato Brasileiro no século XXI e conta com mais de 250 partidas pelo clube. Valencia é o outro nome que compõe a dupla de volantes alvinegra, o colombiano de 30 anos de idade volta de lesão e é experiente, dispõe de boa estatura e combatividade.

Meias

Rivais desde 2007, Robinho e Valdívia se enfrentarão novamente neste domingo (Foto: AP/Marcelo Hernandez)

Rivais desde 2007, Robinho e Valdívia se enfrentarão novamente neste domingo (Foto: AP/Marcelo Hernandez)

Valdívia deve estar recuperado para a final contra o Santos, o chileno já teria voltado a treinar com o resto dos jogadores. Com 235 jogos pelo Palmeiras, o ex-jogador do Colo-Colo foi figura importante na conquista palestrina do Campeonato Paulista de 2008 e da Copa do Brasil de 2012. Valdívia já disputou duas Copas do Mundo pela seleção chilena e, apesar das muitas lesões que enfrentou pela carreira, sempre foi um jogador de muita técnica.

Compondo o meio de campo palmeirense junto ao “Mago” estará Dudu, jogador que esteve emprestado ao Grêmio na última temporada e custou 3 milhões de euros ao Palmeiras para que ele viesse do Dínamo de Kiev, da Ucrânia. O camisa 7 já tem 4 gols pela equipe alviverde e tem como principais armas a velocidade e o drible.

Pela equipe santista o destaque é Lucas Lima, que assinou com a equipe alvinegra em janeiro de 2014 após ser destaque do Sport. Canhoto, com dribles rápidos e passes precisos, o meia de 24 anos era pretendido pelo Cruzeiro até pouco tempo. Também canhoto, Geuvânio é mais um jogador ofensivo a vir das categorias de base do Santos. Jogando do lado direito do campo com velocidade e dribles, o jovem de 23 anos vem chamando cada vez mais atenção seu belo gol contra o São Paulo nas semifinais.

Ausente no primeiro jogo da final do Paulistão, Robinho deve voltar ao elenco santista para este domingo. Um dos primeiros “Meninos da Vila”, o ídolo do Peixe adquiriu experiência jogando no Europa e, apesar de não ter a mesma velocidade de antes, ainda tem a capacidade de alterar o rumo de uma partida em um lance.

Atacantes

Escolhido para a seleção do campeonato paulista, Ricardo Oliveira é a esperança santista para a final (Foto: Thiago Calil/Photo Press/Estadão Conteúdo)

Escolhido para a seleção do campeonato paulista, Ricardo Oliveira é a esperança santista para a final (Foto: Thiago Calil/Photo Press/Estadão Conteúdo)

O Palmeiras deve ir a campo com dois atacantes de maior estatura em presença de área. Leandro Pereira, autor do gol na Allianz Parque, foi o artilheiro da Chapecoense, equipe que superou expectativas no Campeonato Brasileiro de 2014. Leandro é um jogador que possui o instinto e o posicionamento de um centroavante nato. Rafael Marques é o outro atacante que deve aparecer na escalação palmeirense em uma função mais recuada pelo lado direito, como foi visto em alguns dos últimos jogos. Ex-Botafogo, o jogador 1,91m de altura tem como um de seus pontos fortes a bola aérea e já marcou 6 gols nessa edição do Campeonato Paulista.

Artilheiro do Paulistão com 10 gols, Ricardo Oliveira deve liderar a equipe santista na final e é um dos destaques do time na atual temporada. O atacante já havia tido passagem pela equipe alvinegra em 2003 e, após assinar curto contrato com o clube ao vir dos Emirados Árabes, Ricardo renovou com o Santos até 2017.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s