Especial: Candidatos à Presidência: Luciana Genro

Candidata do PSOL disputa sua primeira eleição para a presidência da República; segundo pesquisas, ela tem 1% das intenções de voto

Augusto Biason

Biografia

Nome: Luciana Krebs Genro

Idade: 43 anos

Eleições disputadas: Foi candidata a deputada estadual em 1994 e 1998. Em 2002 tornou-se deputada federal, sendo reeleita em 2006. Em 2008 disputou a Prefeitura de Porto Alegre (RS) e voltou à disputa à Câmara dos Deputados em 2010.

Ocupação: Formada em Direito pela Unisinos. Atualmente é mestranda na Universidade de São Paulo.

Partido: Fundou o Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) em 2005, onde permanece até hoje. Foi membro do PT entre 1985 e 2003.

Coligação: Sem coligação.

Luciana Genro nasceu em 1971 em Santa Maria, Rio Grande do Sul. Começou na militância política com apenas 14 anos. Filha de Tarso Genro, atual governador gaúcho, filiou-se ao PT, pelo qual foi eleita deputada estadual em 1994 e reeleita em 1998. Chegou à Câmara dos Deputados em 2002, representando seu Estado. Em 2003, devido a atritos internos e, principalmente, à posição contrária na votação da Reforma da Previdência, foi expulsa do PT juntamente com outros deputados petistas. Juntamente com eles, fundou o PSOL em 2005.

Foi reeleita em 2006, já pelo novo partido. Tentou concorrer à Prefeitura de Porto Alegre em 2008, mas ficou em quarto lugar nas eleições. Em 2010, foi a oitava deputada federal mais votada do Estado, mas não pode assumir devido ao coeficiente eleitoral, já que seu partido não chegou à quantidade mínima de votos.

Planos

O programa de governo do PSOL é construído em três eixos principais – que tratam sobre a política econômica e seu desenvolvimento; o sistema político; e os direitos dos cidadãos –, a partir dos quais estão estruturadas suas propostas.

Na parte econômica, o partido propõe uma mudança na forma como o dinheiro é gasto atualmente. Uma dessas mudanças é a transferência dos recursos usados no pagamento de juros de dívidas internas em investimento público. Outra mudança é a reforma tributária, que aumentaria a taxação sobre grandes fortunas, aliviando os impostos sobre salário e consumo.

2014-726512779-2014062292694.jpg_20140622

A candidata do PSOL propõe reformas de base para modificar as estruturas sociais, políticas e econômicas do Brasil. (Foto: Givaldo Barbosa/O Globo)

Sobre o segundo eixo, a principal proposta apresentada por Luciana Genro é a da reforma política. Acusado de ser a principal causa de corrupção no país, o financiamento privado de campanha seria abolido, deixando as eleições mais democráticas e com menor influência de grandes empresas. Além disso, correspondendo à vontade popular, outro projeto é a criação de “mecanismos de democracia direta”. Segundo o PSOL, essa é a “verdadeira nova política”.

No eixo que trata sobre os direitos da população, o partido procura olhar para os problemas sociais que vieram à tona durante as manifestações de 2013. Na educação, Luciana defende o aumento gradual de investimentos para o setor público, a fim de universalizar o acesso à educação, além de dificultar o repasse às instituições privadas. Na área da saúde, além de aumentar os investimentos públicos, a candidata pretende retomar a função original do Sistema Único de Saúde, que é garantir o atendimento a todos de forma gratuita e de qualidade.

O PSOL promete uma mudança radical na área de segurança. Por isso, defende a mudança do papel da polícia, de repressão para a prevenção de crimes, protegendo a sociedade. Para esse fim, Luciana é a favor da desmilitarização e unificação das polícias e maior valorização do profissional de segurança. Outro ponto destacável do programa de governo é o fim da chamada “guerra às drogas”, já que esta é a principal responsável por prisões no país. Visando o combate ao narcotráfico, a descriminalização da maconha é apontada como uma saída.

O plano de governo da candidata toca ainda em assuntos considerados polêmicos. Além da legalização da maconha, a do aborto também é defendida, já que esta diminui radicalmente os casos de morte das mulheres em decorrência de procedimentos clandestinos. O combate à homofobia e ao racismo, no que diz aos direitos humanos e liberdades civis, é fortemente lembrado. A democratização dos meios de comunicação, o que daria maior participação popular na mídia, também é citada. O partido ainda promete a tarifa zero nos grandes centros urbanos e a reforma agrária aos pequenos produtores, tirando da mão de latifúndios o controle sobre a produção agrícola do Brasil.

Curiosidades

Luciana Genro é filha de Tarso Genro, atual governador do Rio Grande do Sul e histórico aliado de Lula, sendo ministro deste em três pastas diferentes. Devido a este parentesco, a partir de 2010, Luciana foi impedida de concorrer a cargos públicos em seu estado, já que seu pai acabara de tornar-se governador. Filiada ao PT desde os 14 anos, foi expulsa do partido em 2003, juntamente com mais três deputados federais, já que todos puseram-se contra a posição partidária durante a votação da Reforma da Previdência.

Os dissidentes fundaram então o PSOL, de políticas menos conservadoras que o antigo partido. Nas eleições de 2014, Luciana afirmou que não votará em seu pai para o Governo do Estado. “Meu voto para governador é de Roberto Robaina, candidato do PSOL”, afirmou. Luciana é casada com o jornalista Sérgio Bueno e ex-esposa de Robaina, parceiro político desde a época de PT e pai de seu único filho, Fernando.

Vice

O vice de Luciana é Jorge Paz, importante político desde a década de 1970. Jorge atuou na clandestinidade entre 1977 e 1982, devido à perseguição pela ditadura militar. Foi um dos fundadores do PT e da CUT. Paz acredita que o programa do partido representa uma “mudança no nosso país para enfrentar aqueles que defendem o continuísmo e aqueles que querem o retrocesso”. Foi candidato à Prefeitura de Mogi da Cruzes (SP) em 2012.

Saiba mais:

Página oficial

Facebook

Twitter

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s