Goleada alemã, empate morno e vitória dos EUA marcam quinto dia da Copa

Müller brilha e mostra que a Alemanha continua sendo favorita, apesar de seus desfalques

Renan Dercoles

No quinto dia de Copa do Mundo, o Grupo F manteve a Argentina como líder após Irã e Nigéria empatarem. E o Grupo G mostrou uma Alemanha muito coesa, que apagou Cristiano Ronaldo com um 4×0.

Alemanha atropela Portugal com grande performance de Thomas Müller

Müller comandou a vitória alemã fazendo um Hat-Trick e chegando a 8 gols em Copas do Mundo (Foto: Reuters)

Müller comandou a vitória alemã fazendo um Hat-Trick e chegando a 8 gols em Copas do Mundo. (Foto: Reuters)

A seleção alemã chegou ao Brasil sem Reus e Gündoğan, perdeu Schweinsteiger contra Portugal, e mesmo assim não tomou conhecido de Cristiano Ronaldo e seus companheiros. Num jogo em que o time de Joachim Low marcou 3 de seus 4 gols logo no primeiro tempo, contando com um pênalti duvidoso e com a ajuda de Pepe, que foi expulso após fazer falta e ameaçar uma cabeçada no astro do dia, Thomas Müller, o jovem de 24 anos fez 3 gols e já conta com 8 tentos nas suas duas Copas disputadas.

Logo aos 9 minutos, Götze entrou na área de Portugal e foi derrubado por João Pereira, Thomas Müller correu e, numa boa cobrança, marcou o primeiro de seus gols e a partir desse momento se iniciou o massacre alemão pra cima do time português. Em cobrança de escanteio aos 31 minutos da primeira etapa Hummels subiu sozinho e cabeceou sem chances para o goleiro Rui Patricio: 2×0 para a Alemanha. A equipe portuguesa se perdeu de vez quando Pepe derrubou e cabeceou Müller, que já estava no chão, o auxiliar avisou o árbitro sérvio Milorad Mazic. O segundo tempo foi morno, o time alemão não arriscava e o time português não conseguia assustar, Cristiano Ronaldo ficou sumido toda a partida e viu Muller marcar o primeiro Hat-Trick da Copa de 2014 aos 32 minutos da etapa final fechando a goleada. Grande performance de uma das favoritas ao título no Brasil.

A Alemanha volta a campo no Sábado, 21 de Junho as 16h contra Gana enquanto Portugal tenta se recuperar da goleada contra os Estados Unidos no Domingo, 22 de Junho as 19h.

Em pior jogo até aqui, Irã e Nigéria protagonizaram o primeiro empate da Copa

Dejagah foi a esperança iraniana no jogo contra a Nigéria mas não brilhou no 0x0 (Foto:EMPICS Sport)

Dejagah foi a esperança iraniana no jogo contra a Nigéria mas não brilhou no 0x0. (Foto:EMPICS Sport)

As duas seleções bem que tentaram marcar, mas, mesmo criando boas chances os dois países pararam nas péssimas finalizações de seus atacantes. A Nigéria começou melhor, tendo o apoio da torcida e o domínio da posse de bola, com Obi Mikel controlando o meio de campo, marcando e iniciando as jogadas do time nigeriano. A equipe africana teve um gol anulado logo aos 7 minutos da partida em lance duvidoso, o Irã teve poucas chances mas no fim do primeiro exigiu do goleiro Enyeama uma boa defesa após escanteio. No segundo tempo, o time iraniano se soltou mais e a torcida começou a apoiá-los, porém sem boas chances e com muitos passes errados, a torcida que tanto gritou e apoiou as esquipes desde o inicio da partida, começou a vaiar o fraco jogo que terminou empatado em 0x0.

A equipe iraniana vai enfrentar a Argentina de Messi no primeiro jogo dia 21 de Junho às 13h e a Nigéria enfrenta a Bósnia as 19h do mesmo dia.

Time do Tio Sam vence Gana com o gol mais rápido da Copa

Josh Brooks deu a vitória aos Estados Unidos com gol no final da partida. (Foto:Getty Images)

Josh Brooks deu a vitória aos Estados Unidos com gol no final da partida. (Foto:Getty Images)

Foi com um gol aos 28 segundos que os Estados Unidos iniciaram sua vitória contra Gana no seu jogo de estreia, a equipe norte americana marcou o gol mais rápido dessa edição e não teve dificuldades no início da partida, porém, o time africano cresceu no decorrer da primeira etapa com boas jogadas de Asamoah Gyan e, aos 30 minutos os africanos já tinham contornado a dificuldade, dominando o jogo. O time de Gana se mostrava melhor fisicamente e puxava boas arrancadas surpreendendo os EUA que se mantinha em contra-ataques tentando ampliar a vantagem mas sem se expor, o jogo se manteve assim até que a equipe de Jurgen Klismman começou a demonstrar cansaço e, no fim do segundo tempo, já com Prince Boateng e Essien em campo, Gana chegou ao empate com André Ayew. Os EUA pensavam que ficariam outra partida sem vencer os ganeses mas não pararam de jogar com raça e, quando ninguém esperava, aos 42 minutos, Josh Brooks subiu mais que a zaga e cabeceou após cobrança lateral de falta dando a vitória a sua equipe.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s