Rosberg supera Hamilton em outra dobradinha da Mercedes na F1

Equipe domina outro fim de semana em dia que a pequena Marussia conseguiu seus primeiros pontos na F1

Renan Dercoles

Mercedes celebrou mais uma dobradinha nesse fim de semana. (AFP)

Mercedes celebrou mais uma dobradinha nesse fim de semana. (Foto: AFP)

O domínio das flechas de prata

O GP de Mônaco desse ano foi marcado pela Pole polêmica de Rosberg, que teria errado propositalmente para atrapalhar seu companheiro de Equipe, Lewis Hamilton, que cortou relações com o alemão, além de uma série de abandonos e a surpresa do jovem Jules Bianchi, que marcou os primeiros pontos da Marussia na categoria após 82 corridas.

Pelo segundo ano consecutivo, Rosberg venceu a prova mais charmosa do automobilismo mundial e assumiu a ponta do campeonato ultrapassando Lewis Hamilton.

O brasileiro Felipe Massa, após um toque da Carterham de Ericsson durante o Q1 na etapa classificatória, largou em 16º e, em uma grande corrida de recuperação chegou em 7º lugar.

Kimi Raikkonen vinha fazendo um bom GP, ganhando duas posições logo na largada, foi tocado por Max Chilton da Marussia quando o Safety Car estava na pista e teve um pneu furado, ele ainda se enroscou com Magnunsen e Ericsson e só chegou em 12º lugar.

O tetracampeão Sebastian Vettel voltou a ter problemas e abandonou na quinta volta com defeitos no motor e no câmbio, Ricciardo mostrou novamente que é um grande substituto para Webber e completou o pódio atrás da dobradinha da Mercedes.

A Equipe Marussia comemorou com Jules Bianchi seus primeiros pontos na F1. (Foto: Marussia F1 Team)

A Equipe Marussia comemorou com Jules Bianchi seus primeiros pontos na F1. (Foto: Marussia F1 Team)

Jules Bianchi, que perdeu 5 posições no grid de largada por trocar o câmbio, largou em 21º e em uma surpreendente corrida, aproveitando os abandonos terminou a prova em 9º (Cruzou a linha de chegada em 8º mas foi punido em 5s).

Rosberg  comandou a Mercedes na sua quinta dobradinha em seis etapas nesse ano. (Foto: Bem Anderson)

Rosberg comandou a Mercedes na sua quinta dobradinha em seis etapas nesse ano. (Foto: Bem Anderson)

Nico Rosberg e Lewis Hamilton vêm dominando o campeonato e mostrando que a Mercedes é mesmo a grande favorita a conquistar o Mundial de pilotos e de construtores, com a dúvida sendo qual dos dois pilotos da equipe levará o Mundial de 2014, o alemão tem 122 pontos enquanto o inglês tem 118 ambos muito a frente de Fernando Alonso que é o terceiro com 61 pontos. A equipe é a líder disparada do campeonato com 240 pontos e a RBR a segunda com 99 pontos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s